Deve ser daquelas festas populares que mais valorizo, ou valorizava, porque sempre me lembra a alegria, das máscaras, da fantasia e do faz de conta.

Em pequena não perdia uma, e se não havia dinheiro para comprar fatiotas, a minha mãe costurava sempre, para mim e para a minha irmã.

Fui crescendo, mas aquela mania "da brincadeira" não me passou.

Houve anos que nos juntavamos com familiares e amigos e nos mascarávamos, era muito divertido,

Hoje a convite de uma amiga fui ver um desfile local, muito engraçado, pelas sátiras aos problemas locais, pelas criticas ao panorama actual do país e com tão poucos meios lá fizeram um desfile muito animado, onde primaram os homens vestidos de mulher.

Foi um bocado bem passado,..

Bom Carnaval.

Eu era para me fantasiar de top Model, mas não arranjei as medidas.. !!!!

Beijos

Ana, a sorrir, como sempre

publicado por Ana às 18:14