anaasorrir

pesquisar

 
Terça-feira, 11 / 05 / 10

Perdoem-me....

Mas não consigo ficar indiferente à pernóplia de factos, actos e mais actos para receber o Papa em Portugal. Não consigo entender como é possível nestes tempos de "sacrifício" se possa "esbanjar" milhões. Não consigo entender que no meio disto tudo, o governo tenha aproveitado para dizer que vamos ter mais cobrança de impostos, entender entendo, é aproveitar que o povo está entretido. Aproveitar que agora é que vai ser, e tu Zé povinho vais pagar mais uma vez pelas loucuras, que nem sei quem fez.....

 

Fado desenha-nos bem, porque assistimos calados a autênticos roubos....

 

Fé, amor, santidade, só conheço um nome (entre muitos desconhecidos), tem nome de mulher, Madre Teresa...

 

 

sinto-me: sei lá
música: happy birthday que a mana faz anos
publicado por Ana às 15:00
Quarta-feira, 28 / 04 / 10

Mãe, por Miguel Beirão

Mãe

Mãe…
Sublime chão,
Sangue da terra,
Gemido de aflição,
Que nunca erra!
Mão estendida,
Peito aberto,
Cabeça erguida,
Sempre por perto!

Mãe…
Coração na mão,
Sede nos lábios,
Primeira lição,
Conselhos sábios,
Conforto, abraço,
Beijo, ternura,
Eterno laço,
Numa só jura!

Mãe…
Amamenta, ensina,
Chora de alegria,
Lima e afina,
Sabedoria,
Perdoa, defende,
Ajuda, encobre,
Desmistifica, entende,
Gentil e nobre!

Mãe…
Dores não sentidas,
(Rio de afeição,
Noites mal dormidas,
Preocupação,
Heroína, activista,
Coração guerreiro,
Sorriso de conquista,
Mãe a tempo inteiro!

( Poema vencedor na categoria Tema Livre no Encontro de Poesia organizado pela Junta de Freguesia de Santa Bárbara de Nêxe 06 de Março de 2010)

sinto-me: Bem
música: Love
tags:
publicado por Ana às 17:55
Terça-feira, 20 / 04 / 10

Anda tudo doido

Hoje vi uma notícia que me deixou hilariante, a contrastar com os cenários negros do dia a dia, já nem posso ouvir falar de caos nos aeroportos,  ora um galo na Italia que reinava lá no galinheiro dele, de seu nome Giovanni (João em Português), foi vitima de um ataque duma raposa que lhe levou as galinhas todas lá do capoeiro, como reacção e porque ficou sozinho, começou ele mesmo a chocar ovos, incrível, tá tudo doido mesmo, até a natureza.

Um biólogo lá do sítio diz que foi um fenómeno de sobrevivência que levou o galo a assumir a responsabilidade, e a chocar ovos..... Giovanni ou Giovanna... eheheh, demais, está tudo fora do sítio....

Só tu habitante da ilha do pau, para me fazeres rir...

sinto-me: sei lá
música: eu vi um sapo, ou seria uma rã
publicado por Ana às 15:40
Sexta-feira, 19 / 03 / 10

19 de Março 2010

Passo dias sem escrever, mas hoje vão 2, não podia deixar de lembrar o grande amor que sinto pelo meu pai, apesar de todas as características peculiares que tem, é um grande amigo, e está sempre lá. OBRIGADO PAI...

 

sinto-me: celebrar o amor dos pais
música: One Love
tags:
publicado por Ana às 11:18
Sexta-feira, 19 / 03 / 10

Incrível

Deixei de ler as notícias porque francamente os cenários diários são tão negros que nada anima, mais vale desligar o botão por algum tempo, contudo hoje achei incrível a notícia do JN, que fala do apoio solidário à Madeira, que foi dado pelas chamadas de valor acrescentado, movimento criado pelas operadoras de telefones móveis e fixos e a qual  os Portugueses aderiram. O Estado arrecadou quase 200 mil euros !!!!!!!, em impostos sobre este movimento de solidariedade, e a questão posta ao respectivo ministério, é que a lei é mesmo assim, nada de excepção nestas situações, as operadoras não benefeciaram mas o ESTADO ganhou com a DESGRAÇA dos outros.

INCRÍVEL

 

sinto-me: zangada
música: killing me softly
tags:
publicado por Ana às 11:08
Terça-feira, 02 / 03 / 10

São 18 Anos

Uma data, um patamar de vida, um amor de pessoa, um ser extraordinário..

A alegria de ver e sentir e ter cumprido mais uma etapa...

Chamam-me tudo, mãe galinha, babada, coruja.... sou tudo isso e com muito gosto!

sinto-me: mão orgulhosa
música: Happy birthday
tags:
publicado por Ana às 11:51
Terça-feira, 23 / 02 / 10

abc do engate, by Francisco Salgueiro

A citar uma parte de um artigo publicado no Sapo Mulher, em "abc do engate (para eles) ":


Hilariante:

Procuram-se pérolas verbais
Às vezes fico um bocado envergonhado por ser homem. Quando um amigo meu diz-me orgulhosamente “Ontem à noite cheguei ao pé duma gaja e disse ‘A menina apresenta a meteorologia? É que ao pé de si, o tempo está sempre bom’”, dá-me vontade de enfiá-lo dentro de um envelope e mandá-lo para a América do Sul fazer uma troca de sexo, para perceber como a frase é mais básica do que contar até três. Quando vêem uma Deusa de calças de ganga e top justo, vinda directamente do Céu... metam um açaime nos primeiros pensamentos que vos vêm à cabeça. Carreguem no botão de delete.

 

Francisco Salgueiro, escritor, artigo em Sapo Mulher, “Abc do engate”

sinto-me: bem
música: quaquer uma que traga o sol
tags:
publicado por Ana às 14:46
Sexta-feira, 12 / 02 / 10

Celebrar o amor..

É como no Natal, tem de ter dia para se lembrarem com especial atenção...

Contudo se existe um dia é para que celebremos o amor, seja ele de que forma for, pobre ou rico, se for verdadeiro, terá o mesmo valor.

O amor é pensar em nada e deixar acontecer..

O amor é dizer bom dia com um sorriso...

O amor é dar valor às pequenas coisas...

O amor é viver...


A celebrar a vida, e o amor, que eu tenho dois.... :)

sinto-me: enamorada
música: Love
tags:
publicado por Ana às 14:05
Terça-feira, 09 / 02 / 10

É a vida...

Uma frase que atribuo à minha mana, que com um tom irónico a diz...

Pois a vida tem destas coisas, dá meia volta e torna a rolar, e por muito que se queira manter certas coisas da nossa vida, há situações que alteram os nossos comportamentos.

Eu tentei sempre guiar o meu destino, porque penso que nós somos donos de nós próprios, mas houve em tempos alguém que fez com que a minha vida desse uma volta de 360ºgraus. Não era este o destino que pretendia, mas vivo, não sobrevivo e na certeza que vivo à minha maneira, pois para quem bem me conheçe só tenho uma face, não uso máscara,  nem ando disfarçada de coisas que não sou...

À minha maneira....é a vida!

sinto-me: Xutos sempre
música: A minha maneira
tags:
publicado por Ana às 10:37
Segunda-feira, 08 / 02 / 10

E vão 13

Os Anitos do meu pequeno gigante, que bom que é ter uma riqueza destas.

Mas a contrastar uma alegria enorme da celebração de um aniversário, a memória do que foi em tempos esses mesmos dias de celebração. A memória que não é só minha, dizia ele, oh mãe, lembras quando vinham os três me acordar e dar as prendas, quando voçes me davam todos os anos uma nova camisola do Porto, com o meu nome, lembras?! - Claro que sim, sorrio, como sempre...

A certeza porém que cada ano que passa, o carácter e a doçura que vejo naqueles olhos de menino crescido, se tornam cada vez mais num amor de pessoa.



 

sinto-me: mãe babada como sempre
música: Love
tags:
publicado por Ana às 10:50

mais sobre mim

Maio 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. comentários

  • Poema da autoria do meu amigo Miguel Beirão, que r...
  • http://www.youtube.com/watch?v=lkEVsgdY90g
  • Abençoados aqueles que preservam uma familia e mal...
  • Feliz 2010 :)
  • Sim senhora, isso é que é falar!!! E quando é que ...
  • Gosto da nova roupinha!!! :-)Quanto à notícia... q...
  • Não sei por que será, mas acho que...LOVE IS IN TH...
  • é triste num pais com um peso tão grande nos antep...
  • Eu voto GATOS!!! lol
  • Eu prefiro acreditar que estão a enviar sms um ao ...

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro